Como escolher a temperatura certa para cada cerveja

Você provavelmente já percebeu que algumas cervejas ficam mais saborosas quando estão bem geladas, e outras ficam ainda mais aromáticas em uma temperatura mais alta. Mas por que isso acontece? Como escolher a temperatura ideal para cada estilo de cerveja?

A temperatura influencia a degustação de cervejas de várias maneiras, já que pode alterar o funcionamento das papilas gustativas. Em temperaturas muito baixas, as papilas ficam menos sensíveis à percepção dos sabores, aromas e ao corpo da cerveja. Por outro lado, são mais receptivas à refrescância, o amargor, a carbonatação e a secura. Por isso, são recomendadas para as cervejas do tipo Lager, que são mais leves e menos encorpadas.

No Brasil, é muito comum que as cervejas sejam servidas extremamente geladas, já que a maioria dos rótulos consumidos por aqui são Lagers. É importante lembrar, porém, que quanto menor a temperatura, menos sensibilidade teremos para sentir o sabor da cerveja. Outra dica essencial é para nunca congelar e descongelar a sua cerveja, já que esse processo pode retirar diversas propriedades da bebida.

Cervejas geladas

Já em temperaturas mais altas, as papilas gustativas tem uma maior possibilidade de perceber aspectos do aroma, do sabor, do corpo, da acidez e da doçura das cervejas. Portanto, em temperaturas que variam dos 5 aos 15ºC, os sabores e aromas complexos das cervejas do tipo Ale são realçados, oferecendo uma degustação mais completa.

A temperatura correta irá variar bastante de acordo com o estilo de cada cerveja. O site Brejas elaborou uma tabelinha bem simples, idealizada pelo cervejólogo Michael Jackson, que pode te ajudar na hora de degustar. Confira:

  • Muito gelada (de 0 a 4°C): Lagers, cervejas sem álcool e qualquer cerveja que tenha o objetivo de refrescar. Não é uma temperatura recomendada para degustações.
  • Bem gelada (de 5 a 7°C): cervejas de trigo claras, Lambics de fruta e Gueuzes.
  • Gelada (de 8 a 12°C): para Lagers Escuras, Pale Ale, Amber Ale, cervejas de trigo escuras, Porter, Helles, Vienna, Tripel e Bock tradicional.
  • Temperatura de adega (de 13 a 15°C): para as Ale quadrupel, Strong Ales Escuras, as Stout e a maioria das cervejas especiais Belgas, incluindo as Trapistas, além das Bocks mais fortes como a Eisbock e a Doppelbock.

É bom lembrar que essas temperaturas são apenas recomendações para que você aprecie melhor os sabores das cervejas, mas que podem variar de acordo com as suas preferências e a temperatura ambiente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s