Por que algumas cervejas são feitas com milho?

Muitas cervejas nacionais que costumamos chamar de Pilsen – mas que na verdade possuem características do estilo American Lager – levam uma quantidade considerável de cereais não maltados, principalmente milho e arroz. Mas você sabe por que isso acontece? Bom, são diversas razões, mas vamos te contar as principais.

É mais barato

É inegável que os rótulos mais conhecidos nos mercados e bares têm objetivos comerciais que vão além da preocupação com qualidade, e que para atingir esses objetivos é indispensável que o produto chegue nas prateleiras a um preço competitivo.

É aí que entra a opção por cereais não maltados. Eles são consideravelmente mais baratos do que a cevada, que ainda por cima deve passar pelo processo de maltagem antes de estar pronta para entrar na receita. No Brasil, as cervejarias podem usar até 45% desses cereais para que o produto vendido ainda seja considerado cerveja. Não é de surpreender que muitas marcas chegam muito perto desta quantidade máxima na busca por maximizar seus lucros.

A cerveja fica mais leve

A opção por milho ou arroz faz com que as cervejas tenham um sabor diferente das bebidas puro malte e sejam mais “leves” que estas. Em climas mais quentes como o brasileiro, as cervejas mais refrescantes costumam ter uma alta aceitação do público, o que a princípio não tem nada de errado. O problema é que geralmente esses aditivos diminuem a qualidade da cerveja, causando alterações no sabor e no aroma.

Cerveja com milho

Malte não é obrigatório em uma cerveja boa

Você já ouviu falar da Lei de Pureza Alemã? Segundo essa determinação feita pelo Duque Guilherme IV em 1516, uma cerveja pode levar apenas quatro ingredientes em sua receita: água, malte, lúpulo e levedura. Acontece que de lá para cá muitas cervejas consideradas de alta qualidade foram feitas a partir de experimentações com outros ingredientes, com o objetivo de atingir sabores e aromas peculiares. Trigo, café, leite, frutas e até o famigerado milho (como é o caso da Hop Corn) podem ser usadas sem que isso afete a qualidade da bebida.

Portanto, não acredite quando alguém disser que uma cerveja é ruim apenas pelo fato de conter milho ou arroz. O importante mesmo é entender com qual intuito o ingrediente foi colocado na receita e se esse ingrediente foi escolhido cuidadosamente para que o resultado final seja uma cerveja realmente boa.

Anúncios

Um comentário sobre “Por que algumas cervejas são feitas com milho?

  1. AmBev coloca com intuito de baratear o custo e estragar o paladar. Não bebo cerveja com cereais não malteados no rótulo,ainda mais transgênicos. Cervejarias artesanais podem até usar milho ou arroz,mas de forma à buscar novos sabores.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s